"Importante"

Importante:
Vale lembrar que este blog não pretende de qualquer forma prejudicar bandas, artistas ou gravadoras, pelo contrário o objetivo é sempre divulgar e compartilhar diversão, cultura e educação.

Então se de alguma forma você se sentir prejudicado pelo blog, solicito que envie um email para (progrockcontramao@hotmail) que prontamente deleto o material escrito ou link. O mesmo vale para pedidos e sugestões.

Todos os álbuns aqui postados foram adquiridos de forma legal em vinil ou cd, em lojas especializadas, sebos ou com amigos e sugiro que após ouvir algo que goste procure comprar o original.

Divirtam-se e aproveitem o espaço que é nosso.
Obrigada
Márcia Tunes
---------------------------------------------------------
Important:
Remember that this blog is not intended in any way injure bands, artists and record labels, rather the goal is to always disclose and share fun, culture and education.

So if somehow you feel harmed by blog, please send an email to (progrockcontramao @ hotmail) that promptly delete the written material or link. The same goes for requests and suggestions.

All albums posted here were purchased legally on vinyl or CD, in specialty stores, book stores or with friends and I suggest that after you hear something you like try to buy the original.

Have fun and enjoy the space that is ours.
Thanks
Marcia Tunes

Para os Krautmaniacos



Visite meu novo blog totalmente dedicado ao Krautrock, divirta-se! Curta, comente, compartilhe!

Visit my new blog devoted entirely to Krautrock, enjoy, comment, share!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Moonlight - The Edge (1978) (Finland)


Realmente existem terras abençoadas repletas de musicos inspirados. Enjoy!!

Paul Kanerva (bass)
Kim Trapp (keyboards)
Bob Wasenius (drums, vocals)
Andy Winter (guitar,vocals)

A1 Nomore
A2 Free
A3 Almost
B1 I'm Not in the Mood
B2 Little Miss Pretty
B3 Dream About You
B4 O.M.C.
B5 Nomore Reprise

Download

4 comentários:

Rogerio M. Schirach disse...

Gravei ontem e ouvi hj. Realmente os caras são inspirados. Discaço!
Valeu!
MrRockeveryday

ALEXL disse...

Ô, Marcinha, quanto tempo que a gente não se fala... :-( A culpa é toda minha, eu sei, mas vamos deixar as lamentações pra lá.

Como é o som dessa banda? Conheço poucos artistas da Finlândia e tenho curiosidade de conhecer um pouco mais da música tradicional de lá (acho que não deve ser o caso dessa banda...). Tenho só um CD de um compositor erudito atual chamdo Martti Pokela "Sonata for Kanetele" (o instrumento nacional deles que é prima da harpinha nordestina que alguns ambulantes vendem no Largo da Carioca e na feira hippie de Ipanema...) e toda a discografia do Värttinä, que é uma banda pop-folk tradicionalíssima e famosíssima de lá. Eles vieram até ao Rock in Rio mas eu não os conhecia na época... Essa vale muuuuuito a pena conhecer! Acabaram de lançar seu mais recente álbum.

Bjs, (Lord) Alexl ;-)

ALEXL disse...

Pra vc ver como são as coisas: achei o trabalho muuuuuito amador!
- O vocalista tão desafinado que me chegava a doer o cérebro;
- o baterista, muito impreciso, toda hora oscilava o andamento
- as composições muito simplórias com as (angustiantes) passagens vocais intercaladas por trechos instrumentais que mais pareciam bases para um solo ou parte vocal que ficou faltando.

Enfim, pareceu-me um trabalho gravado numa garagem por adolescentes que formaram sua primeira banda...

Ouvi a 1ª música inteira com algum sacrifício. A 2ª fui até a metade para dar uma chance. Da 3ª em diante ouvi só uns pedaços saltados para confirmar minha opinião.

No entanto, se o Rogério aí em cima achou o trabalho "um discaço (...)inspirado", algum valor ele deve ter. O que um cara que gosta de Carpenters e Zumbi do Mato, como eu, poderia falar desse trabalho? ;-)

Márcia Tunes disse...

Oi, AlexL! Muito tempo mesmo! Quanto ao disco em questão, na verdade terei que ouvi-lo pra poder falar alguma coisa, pq é tanta musica que agora assim no susto não sei dizer o que acho do grupo, como nem tudo que publico é do meu gosto pq o blog é feito por mim, mas não pra mim. Gosto de abrir novas portas, novos horizontes, enfim... Vou ouvir e volto a comentar.